Placa de Captura HDMI/DVI para USB 3.0 em Linux

Não está legal captura o vídeo a partir de um sinal analógica, com a placa Pixelview Xcapture, e a solução era captura via HDMI. O lance que os notebook tem somente saída HDMI e seria necessário comprar uma placa de captura. Lá vai eu novamente fui gastar dinheiro no escuro e entre erros e acertos enfim achei uma placa boa para o que eu queria: INOGENI HDMI/DVI-D to USB 3.0

Placa INOGENI HDMI/DVI-D to USB 3.0

Placa INOGENI HDMI/DVI-D to USB 3.0

Funcionou tranquilo no meu computador. Lembrando que o maior desafio é que devia funcionar em Linux, pois para Windows há várias opções. A resolução maior que ela suporta é de 1920×1200 e precisa de um computador com suporte USB 3.0. Um amigo trouxe dos EUA para mim e ficou em torno de 1.200,00 reais e tempos depois procurando alguma empresa que importasse ela para mim e ficaria 2.400,00 reais.

Cheguei a comprar duas placas e não funcionaram, a primeira foi a Blackmagic Intensity Shuttle e embora diga que funciona em Linux não percebi antes da compra, nas especificações da placa, que era necessário ter uma placa mãe de série x58 ou p55. Acabei vendendo a placa sem usar. Depois comprei uma Diamond Usb 2.0 Gc1000 Hd e não rolou também.

Outras placas que achei foram

Além dessas, uma que eu realmente compraria hoje é a NeTV Starter Pack, da Adafruit, que está saindo por $USD 150.00.

Padrão

Placa de captura USB – RCA/Super Video

Quando comecei a fazer streaming usava muito conexão FireWire, mas infelizmente essa tecnologia morreu, morreu assim, os notebooks não vem com ele instalado e algumas filmadores mudaram para HDMI.

Então tive que mudar a solução e passei a usar uma placa de captura pegando os dados via RCA e entrando no computador via USB 2.0. Comprei várias placas, perdi uma grana, mas enfim achei uma boa solução: Pixelview Xcapture. Em alguns distribuições Linux ela funcionou tranquila, mas é necessário configurar os programas para funcionar em NTSC, pois o padrão é PAL.

Achei um review bacana da placa

Padrão